Investigação do Caso Fernanda Lages para por falta de Laudos da Perícia

Delegados federais retornaram a SP e só devem voltar para Teresina quando os laudos da perícia forem concluídos.

 
Os dois delegados federais que investigam o caso da morte da estudante Fernanda Lages deixaram Teresina e só devem retornar quando os exames que estão sendo realizados no corpo da jovem estiverem concluídos. Até lá, a investigação está parada.


O delegado Alberto Pereira já havia sido afastado do caso e desde então retornou a São Paulo. O outro delegado, identificado apenas como Freitas, também retornou recentemente a SP, uma vez que a continuidade das investigações depende dos resultados dos exames.

A Polícia Federal tem prazo para finalizar os trabalhos até o próximo mês de julho. A fase de depoimentos já está concluída, mas além do laudo da perícia do corpo, espera-se ainda a reconstrução do celular da jovem, que foi enviado para o fabricante, após ter sido destruído no dia da morte.

Fernanda Lages foi encontrada morta na obra do Ministério Público Federal, zona Leste de Teresina, em agosto de 2011. O corpo da jovem foi exumado em fevereiro deste ano para novos exames e até a presente data não retornou ao cemitério de Barras (119 km de Teresina), município onde foi enterrado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quanto Ganha um CSI?

Eletroplessão e as diversas formas de morrer eletrocutado.

Video: Uso de luzes forense na busca de evidências